Jorge Quintas Serrano apresenta medidas para um novo modelo de organização e promoção do Turismo

Jorge Quintas Serrano quer um novo modelo de organização e promoção para o turismo poveiro e propõe, entre outras medidas, a devolução dos tradicionais banhos quentes (talassoterapia) à Póvoa de Varzim, que vê como parte integrante da herança cultural turística e do passado das gentes da Póvoa. 

969512_599857620038383_914541321_n-1A recuperação desta tradição, que tem como objetivo devolver à cidade o seu passado emocional, passa pela deslocalização da atual academia de ténis, infraestrutura que, dada a sua proximidade do mar, reúne as condições ideais para dar lugar à instalação de uma unidade de talassoterapia.

“A instalação e exploração de uma unidade de talassoterapia moderna, eficaz e que integre as componentes lúdica e terapêutica é perfeitamente viável através de um consórcio que envolva a Câmara Municipal, a hotelaria e outros agentes locais”, assegura Jorge Quintas Serrano.

 O plano do candidato à Câmara Municipal para renovar e impulsionar a aposta no turismo contempla ainda a criação de uma bolsa organizada de arrendamento turístico das habitações sazonais, capaz de tornar a Póvoa numa espécie de grande hotel.

“Há na Póvoa um grande número de habitações sazonais, ou seja, segundas habitações. A criação de uma bolsa organizada de arrendamento turístico desses imóveis, disponível a todos os proprietários que a ela pretendam aderir, vai permitir-lhes colocar o seu imóvel em bolsa, rentabilizando o seu investimento e animando o turismo local. Esta medida vai potenciar a ocupação em épocas baixas e torna possível colocar esta oferta no mercado ao nível dos grandes operadores, o que, numa perspetiva individual não seria possível”, explica Jorge Quintas Serrano.

Para sustentar e complementar esta medida, o candidato defende a criação de um conjunto de serviços partilhados associados, tais como a receção e acompanhamento dos turistas que arrendam os imóveis (check-in), manutenção curativa e preventiva dos imóveis, serviços de lavandaria, limpeza diária, baby-sitting, entre outros. 

A interação municipal na procura de novos mercados será outro dos ativos que compõe o leque de propostas de Jorge Quintas Serrano para a revitalização do turismo poveiro. 

“O Município deve promover uma oferta integrada com as áreas limítrofes de reconhecido interesse turístico – há que tirar partido do facto de estarmos localizados precisamente no centro do triângulo Porto-Braga-Viana. Estamos próximos do aeroporto Francisco Sá Carneiro, próximos do Douro vinhateiro, da rota dos vinhos verdes e na rota dos Caminhos de Santiago, mas atualmente este ativo geográfico não é, de todo, explorado”, considera.

O leque de medidas que Jorge Quintas Serrano pretende implementar na Póvoa de Varzim assenta também na promoção de uma oferta estruturada voltada para o turismo religioso, onde a Igreja Românica de Rates, a Beata Alexandrina (Balasar) e a rota dos Caminhos de Santiago assume papel de destaque, bem como o reforço da perspetiva turística das cerimónias da Semana Santa e das Festas de São Pedro.