Jorge Quintas Serrano quer erradicar casos de fome e pobreza extrema no concelho

Jorge Quintas Serrano elege a erradicação dos casos de fome e pobreza extrema no concelho da Póvoa de Varzim como a mais urgente e prioritária das medidas que irá tomar, caso vença as próximas eleições autárquicas.

922564_601518796538932_20462354_o

Concluída mais uma jornada de visitas a instituições de solidariedade poveiras, que teve início na passada quinta-feira, com passagens pelo Centro Social da Paróquia de Beiriz, Instituto Madre Matilde, Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Varzim e pelo Centro Social e de Bem Estar de São Pedro de Rates e que culminou hoje, sábado, na Nação Solidária – Cooperativa de Solidariedade Social, em Argivai, o candidato à presidência do Município sublinhou a necessidade de definir uma linha de ação para solucionar os casos mais prementes.

“São várias as instituições de solidariedade social do concelho que relatam casos de pessoas que, apesar da comparticipação da Segurança Social, estão a sentir enormes dificuldades para pagar as mensalidades das suas crianças e idosos. O agravamento da crise social é cada vez mais notório e é imperial ajudar a dar resposta a este tipo de situações”, considerou Jorge Quintas Serrano.

Ao presenciar a realidade das instituições visitadas, o candidato à liderança do executivo da Câmara Municipal reforçou a convicção de há que reforçar os apoios junto daqueles que mais deles precisam e que a coesão social passa por uma verdadeira atuação em rede.

“É quem tem a rede e quem conhece o terreno com proximidade que toma as melhores decisões de gestão e as instituições de solidariedade fazem-no melhor do que qualquer outra entidade pública. Cabe ao executivo da Câmara reforçar os apoios junto de quem mais precisa de ser apoiado e entender que não se pode gerir como igual aquilo que é diferente”, observou Jorge Quintas Serrano.